sac@jofadel.com.br   (35) 2106 - 1500  

SELVITREX INJETÁVEL 2,5%

SELVITREX INJETÁVEL 2,5%

USO VETERINÁRIO

FÓRMULA

Cada 100 mL contém:

Enrofloxacino 2,5 g
Veículo q.s.p. 100,0 mL

INDICAÇÕES: Indicado nas infecções de cães e gatos, causadas por bactérias Gram positivas e Gram negativas, espiroquetas e micoplasmas sensíveis ao enrofloxacino.

– Nas infecções de cães e gatos, tais como:

Infecções dérmicas (piodermites): Staphylococcus intermedius, Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermitis, Escherichia coli, Pseudomonas spp. e Proteus mirabilis. Infecções respiratórias (pneumonias) causadas por: Pasteurella spp., Escherichia coli, Streptococcus spp., Klebsiella spp., Bordetella bronchiseptica, Staphylococcus aureus, Pseudomonas spp., Haemophilus spp. e Mycoplasma spp. Infecções entéricas (diarreias) primárias e secundárias causadas por: Escherichia coli, Campylobacter spp., Treponema hyodysenteriae e Salmonella spp. Infecções do ouvido (otites) causadas por: Staphylococcus aureus, Pseudomonas spp., Proteus spp. e Streptococcus spp. Infecções genitourinárias (nefrite, cistite e pielonefrite) causadas por: Escherichia coli, Staphylococcus spp., Pseudomonas spp., Proteus spp., Streptococcus spp., Enterobacter spp., Mycoplasma spp., Klebsiella spp. e Brucella spp. É também indicado no tratamento de infecções pós-operatórias decorrentes de castrações, laparotomias e lesões acidentais.

VIAS DE ADMINISTRAÇÃO: Solução pronta para uso por vias intramuscular, subcutânea e intravenosa.

DOSAGEM: Cães e gatos: 1 mL para cada 5 kg de peso corporal. Duração do tratamento: 3 a 5 dias consecutivos ou a critério do Médico Veterinário.

ATENÇÃO: Doses acima de 10 mL devem ser divididas em dois ou mais pontos de injeção.

Recomendamos que o tratamento seja prolongado por um período mínimo de 48 horas após o desaparecimento dos sintomas ou a critério do Médico Veterinário.

PRECAUÇÕES: 

– Observar as normas de assepsia para administração de injetáveis.

– Em testes clínicos não foram observadas quaisquer alterações nas articulações e, nem tão pouco, em outras partes do aparelho locomotor. Porém, há literaturas que contra indicam a utilização de substâncias do grupo das quinolonas em cães de raças pequenas e médias durante a fase de crescimento rápido (2 a 8 meses de idade). Em cães de grande porte este período pode chegar a 10 meses. Não se aconselha também o uso em gatos com menos de 2 meses de idade.

– Injeções por via subcutânea em cães podem provocar, eventualmente, reações locais. Recomendamos a aplicação de compressas quentes no local da injeção.

CUIDADOS DE CONSERVAÇÃO: Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz solar direta e fora do alcance de crianças.

APRESENTAÇÃO: Frascos-ampola com 10, 20, 50 e 100 mL.


VENDA SOB PRESCRIÇÃO E APLICAÇÃO SOB ORIENTAÇÃO DE MÉDICO VETERINÁRIO.